Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > AÇÕES > MONITORIA INCLUSIVA
Início do conteúdo da página

MONITORIA INCLUSIVA

Criado: Quinta, 27 de Julho de 2017, 11h49 | Acessos: 148

O que faz um monitor do NEI?

A monitoria inclusiva é realizada por estudantes de graduação que acompanham e auxiliam os estudantes público-alvo da educação especial em suas atividades acadêmicas. Os estudantes dedicam 15 horas semanais em atividades como ledor, escriba, adaptação de materiais para os estudantes e estudos orientados. Há também, monitores inclusivos que realizam atividades no Núcleo de Educação Inclusiva (NEI) e em Salas de Acessibilidade, colaborando para o processo de inclusão e acessibilidade na Universidade.

A proposta desta monitoria é auxiliar na quebra de barreiras enfrentadas diariamente pelos estudantes com deficiência na Universidade, as quais se não forem observadas e superadas, limitam e, até mesmo, impedem a aquisição de conhecimentos e a participação nos espaços acadêmicos.  O monitor inclusivo, juntamente com a equipe do NEI, docentes e presidente de colegiado, buscam criar propostas de superação de tais barreiras.

O monitor inclusivo que atua com estudantes com deficiência, diferentemente dos monitores e tutores que atuam diretamente no núcleo; tem como função, dependendo da especificidade do estudante com deficiência, acompanhar, explicar, orientar, lembrar e auxiliar no desenvolvimento de suas atividades acadêmicas, assim como na participação de ações e atividades que promovam o acesso aos conteúdos acadêmicos. Do mesmo modo, é solicitado que o monitor inclusivo traga informações sobre o desenvolvimento do estudante com deficiência e sobre possíveis dificuldades que ele possa estar enfrentando na UFOP.

As atividades de monitoria podem ser divididas em:

a) Atuação no Núcleo de Educação Inclusiva- Participam de ações que abrangem desde produção de materiais a participação em projetos desenvolvidos pela equipe do NEI. Auxilia e participa das discussões e estudos referentes a inclusão e acessibilidade do público-alvo da educação especial. Com isso, estratégias são pensadas, assim como ações que visam atender diretamente todos estudantes.

b) Atuação nas Salas de Acessibilidade (ICSA e ICHS) - Atendimento e orientação a comunidade, discentes, docentes e técnicos-administrativos; auxílio aos estudantes com deficiência no uso das tecnologias assistivas disponíveis na sala;

c) Acompanhamento dos estudantes público-alvo da educação especial em sala de aula que necessitem de um apoio na realização de suas atividades acadêmicas diárias - O monitor e o estudante conta com apoio do NEI, dos docentes e colegiado, desenvolvendo maneiras, caminhos e saídas para a efetivação da aprendizagem.

d) Produção de material adaptado - Os monitores realizam produção e adaptação de materiais em braille, alto relevo, ampliados ou em áudio. 

e) Acompanhamento semanal aos estudantes público-alvo da educação especial - Realiza o trabalho de acompanhamento e auxílio dos estudantes com deficiência com apoio do NEI, dos professores e colegiado, desenvolvendo maneiras, caminhos para a efetivação da aprendizagem. Além disso, auxilia nas atividades acadêmicas do estudante, possibilitando que haja melhor aprendizagem no decorrer do curso.

Como acessar o monitor do NEI?

As monitorias inclusivas são ofertadas aos estudantes acompanhados pelo NEI que demandam apoio mais individualizado. Este trabalho é disponibilizado pela equipe do NEI e, também, pode ser solicitado pelo próprio aluno público-alvo da educação especial. Esta solicitação será avaliada a partir da necessidade do estudante, considerando avaliações realizadas pela equipe do NEI e, também, por docentes, professor-tutor e colegiado de curso.

registrado em:
Fim do conteúdo da página